BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
Paraiso dos poemas e canções do CAIÇARA CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Áudios

ALTERCAÇÕES
Data: 19/08/2011
Créditos:
LETRA, MELODIA, ARRANJO MUSICAL E INTERPRETAÇAO DO VIOLONISTA CLEMENTINO.
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


 
 
ALTERCAÇÕES


Deixa de trelelê e de blá blá blá.
Pára, por favor.
Não agüento mais a tua voz.
De tanto te ouvir falar demais
Me stressei, vou explodir
Não consegui me segurar.


Esse teu trelelê é muito pra mim,
Faz-me um favor
Pára de falar, saia daqui.
Não posso responder, pra não brigar
Me deixa em paz, pra refletir
No que eu errei e corrigir.

Um dia eu quis te dar
Toda atenção que você pediu
Mas você não me ouviu
Pôs–se a rir de mim
E de zombar do meu amor
E não teve compaixão
Ai ai, só maltratou meu coração. [BIS]

Este seu trelelê e seu bla-bla-bla
Só nos fazem mal.
As altercações

Nos faz sofrer
Vamos os dois deixarmos de brigar
Vamos sair, pra não voltar,
Com esta briga terminar. 



 
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 26/09/2012

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários