BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO, poeta e músico de  São Sebastião - SP
Paraíso dos poemas e canções de um poeta e músico caiçara
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos
Título Categoria Data Leituras
O QUE FAZEM OS ARTISTAS Cirandas 11/12/19 9
O BRUTO E O POETA - DIÁLOGO Cirandas 08/10/19 26
CONFLITO COM A PRÓPRIA ALMA Cirandas 23/01/19 22
CONVERSANDO COM OS DEDOS Cirandas 15/09/14 4
A SOLIDÃO É MAÇANTE Cirandas 08/06/14 27
SINCERIDADE QUE INCOMODA Cirandas 22/05/14 831
COMO NASCE UM POETA Cirandas 30/11/13 47
O SUPLÍCIO DA SOLIDÃO Cirandas 12/10/13 15
MONÓLOGO DE UM BÊBADO Cirandas 04/09/13 16
IGUALDADE – DIRECIONAMENTOS Cirandas 05/11/12 15
CIRANDA DA SAUDADE Cirandas 03/12/11 76
OS SONS DA NATUREZA Cirandas 21/09/11 387
COISAS QUE DEVÍAMOS FAZER, MAS NEM SEMPRE O FAZEMOS: Cirandas 19/04/11 38