BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
RECANTO DAS CANÇÕES E POEMAS DO CLEMENTINO. POETA E MÚSICO CAIÇARA DE SÃO SEBASTIÃO - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos





AH! ESSA SAUDADE
 



 
Ah! A saudade não mais me aborrece.
A transformei numa lembrança boa.
Já não fico nos cantos chorando a toa.
Ah! Essa bendita saudade voraz,
Que sem dó me atormentava tanto
Agora acabou. Enxuguei meu pranto.
 
Da saudade fiz um plano de vida.
Decidi que não mais sofreria tanto.
Sim. Antes eu sofria demais a toa.
Remoendo-me pensava que morreria
Por conta dessa ingrata saudade.
Só que nunca morri. Apenas sofria.
 
Mesmo distante da minha amada
Hoje mudei o meu “modus vivendi”
Resolvi mandar a saudade embora.
Comecei tocando e cantando muito;
Chamando o meu amor pela poesia.
A encontrando na canção todo dia.






 
 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 11/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários