BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
RECANTO DAS CANÇÕES E POEMAS DO CLEMENTINO. POETA E MÚSICO CAIÇARA DE SÃO SEBASTIÃO - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos



INSEGURANÇA



 
 
Propus para eu mesmo que um dia iria conquistá-la. Não por mero capricho, mas porque desde longo tempo eu a amo em silêncio.

Ela talvez nem imagine a dimensão desse meu amor.

Ás vezes até percebe a minha vontade de dizer alguma coisa, porém sente a minha insegurança quando estamos pertos um do outro.

Parece que ambos somos tímidos. Muito inibidos. Eu ensaio abrir o meu coração, no entanto, o medo de receber uma resposta negativa até me arrepia.

Assim, nessa lenga-lenga vamos nos separando cada vez mais. Eu a amando desesperadamente e ela, talvez por não saber e nem sentir não dá uma abertura para que eu possa me declarar.

Oh! Dúvida cruel. Será agora o momento? Seja o que Deus quiser. Vou atender aos anseios do meu coração.

É chegado o momento. É importante que eu me declare agora.

- Querida, da-me uma chance. Todo amor que eu trago incrustado no coração é unicamente teu. Amo-te verdadeiramente...





 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 15/06/2017
Alterado em 15/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários