BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO, poeta e músico de  São Sebastião - SP
Paraíso dos poemas e canções de um poeta e músico caiçara
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


 
DECLARE O SEU AMOR



 
 
Como dizer a uma pessoa que a ama se ela não está preparada e nem imaginando algo parecido com o teu amor? Mas se tu ama verdadeiramente tem que romper as barreiras.
Ás vezes, com perspicácia a gente nem precisa falar nada. O amor acontece e pronto. Rompem-se as travas dos olhos e da porta do coração com um simples sorriso.
Existem centenas de maneiras de se cumprimentar uma pessoa comum. Mas a pessoa que amamos, embora ela não saiba, sentirá apenas num aperto de mão, num bom dia, boa tarde ou boa noite diferenciados e na forma que sorrimos.
Quem sabe conquistando primeiro a amizade. Depois um estreitamento mais generoso e solidário? Amo-te é a última frase a se declamar. Isto após uma preparação elegante e minuciosa.
Os gestos bondosos, a forma de oferecer carinho e proteção e toda sinceridade do mundo, sempre partindo do coração com certeza alavanca couraças blindadas.
Diga a quem ama que pretende fazê-la feliz não apenas num momento de carícias, mas eternamente, enfrentando todas as asperezas da vida a dois. I LOVE YOU.


 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 27/06/2017
Alterado em 27/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários