BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
RECANTO DAS CANÇÕES E POEMAS DO CLEMENTINO. POETA E MÚSICO CAIÇARA DE SÃO SEBASTIÃO - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos






ENTREGA


 
 
 
Nossos olhos abertos nada enxergavam.
Entrelaçados os nossos corpos se fundiam.
As luzes ali não se apagavam.
Nossos sangues nas veias se perdiam.
 
Depois dos primeiros beijos, eloquentes e silenciosos.
A razão se distanciou da nossa lucubração.
Roubamos-nos mutuamente, o néctar dos lábios ansiosos.
Não vimos o tempo passar nessa entrega sem restrição.







 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 07/01/2018
Alterado em 07/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários