BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
Paraiso dos poemas e canções do CAIÇARA CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos





A POESIA JAMAIS SE ACABA


 
 
Por que acabariam as poesias, os poetas e  os grupos poéticos? Não penso que isso possa em algum dia acontecer.
A poesia, as canções, os poetas e trovadores existem ha milhares de anos. Ao contrário do que muitas pessoas pensam e falam a poesia se renova a cada época e instante. Atualmente a poesia se faz presente até nos comerciais de rádio e televisão.
Perdoem-me amigos leitores, mas penso que desta vez estão enganados os que pensam e querem que a poesia se acabe. Isso é impossível, graças a Deus.
Recebam um forte abraço deste poeta contumaz.
CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião – SP/BR.





 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 30/01/2018
Alterado em 31/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários