BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
Paraiso dos poemas e canções do CAIÇARA CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




 
A BELEZA E A FEIURA



 
                          Ás vezes, o lado bonito está lacrado e em estado latente dentro do coração de cada pessoa. Esse lado bonito por sua vez só se manifesta através da alma que está no lado de fora do corpo físico, ligado por um fio imperceptível, inerente a cada ser. Essa alma ou espírito que nos acompanha diuturnamente em todos os momentos da nossa vida é que nos direciona e indica a nossa beleza ou a nossa feiura. Além do que beleza ou feiura são subjetivas. Dependem de como cada um enxerga.
CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião – SP/BR.
 
 
 








 
 
 Nota do autor:
Esta frase exprime o pensamento e a visão deste modesto poeta escrevinhador que pode até estar enganado.
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 22/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários