BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
Paraiso dos poemas e canções do CAIÇARA CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




 
PAI, UMA  PALAVRA MÁGICA - FILHO, UMA ESCOLA DE VIDA




 
O pai de hoje  foi o filho ontem e se ainda não é será o vovô de amanhã. Pai é uma palavra mágica que serve para definir inúmeras situações e posições do homem, no sentido literário quanto à definição de sexo masculino.
A posição de pai em grande parte das vezes e representada ou assumida por um tio, um irmão mais velho, o avô, o patrão, o padrasto e até um grande amigo do próprio pai biológico quando este partiu para o outro plano espiritual.
Um pai muitas vezes é combatido, maltratado, humilhado pelo seu próprio  rebento, mesmo assim não esmorece. Segue em frente com as atitudes compatíveis com a sua posição protegendo e orientando, pois sabe que um dia o seu filho desnaturado também poderá  ser pai e ira beber dos mesmos  sucos doces ou dos venenos amargos.
O filho amoroso e bem educado ama Deus sobre todas as coisas no universo e ama o seu pai na Terra. Aqui me refiro a todo e qualquer pai, independentemente do laço consangüíneo, biológico ou não.
Eu sempre pensei e penso que os nossos filhos são verdadeiros presentes de Deus e que se transformam numa escola de vida para todos os homens. Através dos filhos é que aprendemos ser mais tolerantes, mais responsáveis, mais amorosos, mais respeitadores, mais trabalhadores e um mundo de outros “mais”. Através dos filhos descobrimos até que Deus existe e que sempre está entre nós.
Está é a minha crônica para homenagear todos os pais  do mundo neste dia em que se comemora no Brasil o dia dos pais.
“ CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião – SP/BR “



 
Nota deste poeta:
 
Já se completaram mais de trinta e um anos que o meu pai querido foi embora para a Pátria Espiritual, mas na minha memória é como se ele estivesse presente tal foi a nossa convivência amorosa  de pai e filho.









 
 
 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 11/08/2018
Alterado em 12/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários