BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
Paraiso dos poemas e canções do CAIÇARA CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos







NUNCA REVIDE




 
Esta historia de que Jesus nos orientou a oferecer a outra face quando alguém nos agredisse uma delas é pura balela. Jesus jamais disse isso.
Jesus, na Sua infinita bondade e sabedoria, nos ensinou a nunca revidar. O revide é que enseja novas agressões mútuas e causa grandes prejuízos morais, espirituais e pesadelos infindáveis.
Revidar uma agressão é o mesmo que se igualar ao agressor.



Nota deste poeta:

O texto superior NUNCA REVIDE é da minha inteira autoria. A foto ilustrativa eu colhi na internet e o texto abaixo A COBRA E O SERROTE é uma adaptação com linguagem mais simples que eu criei partindo de outro texto sem titulo, também copiado da internet.

 
 
A COBRA E O SERROTE
 
 
Uma cobra, enquanto rastejava em busca de um cantinho para se enrolar, entrou numa carpintaria. Sem perceber passou por cima de um serrote e se feriu. Achando que o serrote a agredira deu-lhe uma tremenda dentada e esguichou o seu veneno. Com esse ataque ela feriu-se ainda mais na boca. Então, mais brava ainda, se enrolou toda no serrote e apertou o máximo que pode. Claro, morreu tentando asfixiar o serrote.
Conclusão:  Pela  irracionalidade e puro instinto de sobrevivência a cobra lutou com o serrote até a morte, mesmo não sendo maldosa.
Moral da História:  Ás vezes é melhor passar por cima de certas agressões, ignorando-as. É assim que evitamos conflitos muitas vezes desastrosos físicos, morais e espirituais.











 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 21/12/2018
Alterado em 21/12/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários