BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO POETA E MUSICO
Paraiso dos poemas e canções do CAIÇARA CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião - SP/BR
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos






OMELETE AO ALHO E ÓLEO
(Culinária - Receita do Clementino)
 



 
No verão, sob esse forte calor, ás vezes acima de 30ºc normalmente ou naturalmente preferimos ingerir alimentos mais leves e também tomamos bastante líquido. Eu, à rigor tomo os meus três litros de água gelada todos os dias no verão ou no inverno, chova ou faça sol. Desidratação nem pensar.
Fazer dieta nem sempre é sinônimo de tristeza na hora do almoço, do jantar, do café da manhã ou mesmo do lanche da tarde, comendo alimentos insossos e sem a menor graça.
Existem dezenas de alimentos sadios, nutritivos e de baixa caloria que em nada prejudica a nossa vida.
Um exemplo disso é o nosso famoso “zoião” (ovo) que tem dezenas de modos de preparo. Um deles é a gostozíssima OMELETE que por sua vez tem várias formas de se fazer:
Fazer omeletes é muito fácil e o seu custo é muito baixo diante de outros alimentos e guloseimas. Além do mais é delicioso. Os ingredientes variam de pessoa para pessoa e seus gostos. Uns gostam picantes, com vários recheios e temperos, outros gostam dele mais simples e sem nenhum recheio.
Eu criei a minha omelete preferida que a denominei de OMELETE AO ALHO E ÓLEO. Os ingredientes variam de com o seu gosto. Aqui eu coloquei apenas os ingredientes da minha receita. Vamos lá:
Passo 01: - Coloque numa vasilha (tchauan) grande e funda dois ovos, seus ingredientes preferidos como cebolas cortadas, presuntos, queijos, cebolinhas, salsinhas, coentros, sal e pimenta do reino ao seu gosto, inclusive outros condimentos como orégano, etc. Bata tudo manualmente durante dois ou três minutos até ficar uma pasta consistente e por igual.com uma colher de madeira (colher de pau) ou uma colher comum de porcelana ou alumínio.
Tem pessoas que gostam de acrescentar maizena ou farinha de trigo para encorpar. Eu não aconselho, pois acho que perde muito a originalidade e o sabor. Mas se quiser encorpar essa minha receita use farelo de aveia (fino ou grosso). Pelo menos o sabor não vai embora.
Observação: Para dois ovos os ingredientes não podem passar de 100g. Esta  receita é para servir duas pessoas. No caso de que seja para três ou mais pessoas acrescente ovos e ingredientes proporcionalmente.
Passo 02: Numa frigideira antiaderente refogue dois ou três  (ao seu gosto) dentes de alho amassados em duas colheres de sopa de óleo ou azeite, ou ainda, se preferir de manteiga com ou sem sal.
Passo 03: Quando o alho já estiver dourado despeje os ingredientes na frigideira com o alho refogado e deixe dourar por uns dois ou três minutos (também a gosto). Tem pessoas que gostam bem tostadas outras não. Eu particularmente não gosto quando queima no fundo. Depois vire a omelete e deixe dourar por igual o outro lado.
Detalhe: Eu não gosto de condimentos como pimenta do reino, cominho, orégano, erva doce, gergelim, etc. Mas se o (a) amigo (a) gosta fique a vontade. Faça a sua omelete como melhor lhe apetecer.
Passo 04: Pronto. Agora é só servir com pão, puro, com arroz branco (eu gosto de arroz sem tempero e sem sal tipo japonês (Shirogohan) ou como complemento da mistura da refeição.
BOM APETITE
(CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião – SP/BR.)






 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 14/01/2019
Alterado em 17/01/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito em minha c. c. oportunamente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários