BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO, poeta e músico de  São Sebastião - SP
Paraíso dos poemas e canções de um poeta e músico caiçara
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




 
AMAR



 
 
Nas minhas caminhadas mentais pelas nuvens partindo de um ponto qualquer do meu habitat e divagando ininterruptamente ao infinito sempre me deparo com as mesmas interrogações:
De onde vem e para onde vai esse tal de amor que todos pensam, falam e insistem em propagar pelos quatro cantos da Terra, porém, na maioria das vezes só da boca para fora?
Então, do nada uma voz oculta sussurra meiga e carinhosamente no espaço:
- O amor é emanado por Deus e fica em estado latente no teu coração e na tua alma desde o momento em que os teus pais te conceberam. Cabe a ti expandi-lo e protegê-lo.
- O amor não vai a lugar algum. Ficará arraigado em ti indefinidamente mesmo que decidas partilhar com outro ser. O nome disso é “Amar”.




 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 25/10/2019
Alterado em 25/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito na minha c.c. oportunamente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários