BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO, poeta e músico de  São Sebastião - SP
Paraíso dos poemas e canções de um poeta e músico caiçara
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




 
O  PESO  DA  FELICIDADE






 
 
 
Se colocarmos  numa  balança  em  cada  um  dos  pratos a  felicidade e  a   tristeza e  pesarmos  podem  observar   que independentemente do  tamanho  de   cada  uma  elas se equivalem   e  equilibram,   não   obstante   serem   antagônicas.
Porém,  se  um dos  pratos   abaixar   mais  do   que  o  outro   não  é   bom  sinal.  O   momento  é  de se  fazer uma   reciclagem  íntima urgente. Quase tudo o   que  vem   em   excesso é   perigoso.




 



 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 02/11/2019
Alterado em 02/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito na minha c.c. oportunamente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários