BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO, poeta e músico de  São Sebastião - SP
Paraíso dos poemas e canções de um poeta e músico caiçara
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos




 
HEREDITARIEDADE



 
 
Ninguém herda através  do   sangue a rudez, a brutalidade e a ignorância dos pais ou de outros parentes em linha reta como irmãos, tios, tias,  filhos,  avós, etc.  Isto porque inexiste hereditariedade moral  e espiritual através  do   sangue.
Quando duas ou mais pessoas se submetem a fazer exames de DNA não é para identificar a personalidade ou o caráter moral dos mesmos, mas sim, tão somente para confrontar a compatibilidade consanguínea de cada um através dos cromossomos e assim determinar se há ou não grau de parentesco entre eles.
Assim como os sete bilhões e meio de seres humanos têm impressões digitais diferentes também são diferentes os seus espíritos, cada um com a sua peculiaridade.  Claro, existem as exceções, qual seja: Algumas pessoas seguem os passos dos seus pais e entes queridos.  Mas isso é pelo amor e respeito que os tem, não por hereditariedade.
Todavia, em relação às doenças físicas existem sim essa conexão e transmissão de pai para filho, mas não as doenças mentais.  Estas são inerentes às almas e o passado de cada um.












Nota   do   autor:
A foto  ilustrativa  foi  produzida   através  de montagem  e  fotoshop de   duas outras   fotografadas   diretamente da   televisão   em   postagens   da   internet.










 
CLEMENTINO POETA E MÚSICO
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 07/11/2019
Alterado em 07/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Depósito na minha c.c. oportunamente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários