BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE E BOA SORTE. QUE DEUS NA SUA INFINITA BONDADE NOS ILUMINE HOJE E SEMPRE.
CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião-SP
Paraíso dos poemas e canções de um poeta e músico caiçara
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Áudios
NO TEMPO DAS FLORES
Data: 29/01/2009
Créditos:
NO TEMPO DAS FLORES
COMPOSITOR: FRANCISCO ARAUJO
AUTOR letrista: POETA CLEMENTINO
INTÉRPRETE: FRANCISCO ARAUJO
Esta canção está na faixa 10 do CD "DE SERTÓES & SERESTAS", editado pelo selo CPC-UMES em 1.998.
A letra desta música está publicado no R.L. na página de textos - letras de músicas [canções].
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.




NO TEMPO DAS FLÔRES
 




 
 
 A primavera vem 
O tempo é das flores
De perfumes tão suaves
Que se espalham pelo ar;
Maravilhoso é a gente perceber.
Poder sentir todo olor,
Todo frescor deste jardim.
(bis: A primavera vem...)
 Flores que vêm colorir mais.
Trazer-nos luz, nos trazer paz,
Dar-nos o tom da nova cor,
E nos deixar a sensação
De um bem estar, um doce mel;
E um bem maior... Enfim,
Trazendo emoções e muito mais. 
Vento da estação primaveril 
Sopra uma canção por todo ar;
Traz paz, sol, luz, um céu, anil.
Que Deus nos ofertou nos ensinou
 
A cultivar pra ser feliz muito feliz.
Porque devemos ser.
Isto é muito natural, canção e flores 
Que se confundem entre nós 
E assim sendo vamos nossa vida aproveitar.




 
 
Nota do Autor:
                   Escrevi esse poema como outro qualquer pensando apenas na beleza das flores e da estação primaveril. O intitulando inicialmente como “AS FLORES NA PRIMAVERA”.  Tempos depois conheci e me tornei amigo do grande solista de violão Francisco Araujo. Em seguida fui ao show de lançamento do seu primeiro CD intitulado “DE SERTÕES & SERESTAS” no qual está inserido a música NO TEMPO DAS FLORES.                    
Nem preciso falar que me encantei com a melodia e comecei a solfejar com a letra do meu poema, constatando a coincidência rítmica em quase tudo.
Desta forma com a autorização do seu compositor, hoje não só um grande amigo, mas irmão e parceiro FRANCISCO ARAUJO formalizamos a parceria. Eu mudei o título do poema e fiz algumas adaptações necessárias e tudo ficou modéstia a parte, essa maravilha de canção. Em 2012 gravamos em parceria no meu CD “CANÇÕES PARA OUVIR E SONHAR” faixa nº 07. Muito me honra essa parceria.
                 CLEMENTINO, poeta e músico de São Sebastião – SP/BR.






 
Enviado por CLEMENTINO POETA E MÚSICO em 08/01/2009
Comentários